Faça seu cadastro para receber as novidades do
Leandro Lourenço no seu e-mail.
Arquivo da categoria: Blazer
Postado em: 16 de agosto de 2013 - Publicado em Alfaiataria, Alta-costura, Blazer, Dicas, Homem

Também é conhecido como vivo, é uma espécie de moldura de outra cor costurada em volta da lapela e dos bolsos para realçá-los.

Postado em: 18 de julho de 2013 - Publicado em Alfaiataria, Blazer, Dicas, Estilo, Homem

O blazer é uma peça essencial para quem precisa estar elegante.

O blazer azul marinho: é fácil de combinar e pode ser usado de dia e à noite.

Blazer cinza: A cor do momento, para o dia ou para a noite. É o que mais permite variar padrões e tons de camisa e gravata.

Postado em: 8 de abril de 2013 - Publicado em Blazer, Estilo, Moda Masculina

Há uma nova revolução em curso no jeito de se vestir dos homens. E o responsável (mais uma vez) é o jeans. Popularíssimo em calças, o material ganha novos tratamentos, cortes e lavagens e muda a cara de blazers, camisas e até ternos

Postado em: 4 de fevereiro de 2013 - Publicado em Blazer, Cabelos, Calcados, Camisas
O telefone tocou, o currículo agradou, a tão esperada entrevista foi agendada e o nosso amigo desempregado começa a sonhar com um lugar ao sol nos próximos dias . Porém, bate sempre aquela dúvida: “O que vestir para causar uma boa impressão durante a entrevista?”. Confira a seguir, dicas fundamentais para se apresentar adequadamente:
Blazer e calça:
A combinação blazer e calça jeans é uma que pode ser usada. Mas isso fica melhor para quem não ocupa cargos de chefia.
Costume
Popularmente conhecido como “terno”, o costume é a junção simples da calça social com o paletó (sem o colete). Esse traje é o mais recomendado para os candidatos a cargos de gestão. Já a cor mais recomendada para o seu costume é o preto ou uma cor mais escura e de preferência em um tom liso. Listras de “risca de giz” muito aparentes e o xadrez tendem a cansar a vista de quem o entrevistar.
Paletó e gravata:
Para dar um ar um pouco mais leve ao seu vestuário, você pode combinar também o paletó com a gravata usando uma calça jeans ou de sarja. Mas para isso opte pelas seguintes combinações:
- Calça de sarja clara com camisa branca ou azul clara e um paletó azul marinho com gravata azul marinho;
- Calça jeans preta com camisa branca ou cinza, paleto preto e gravata preta.
Camisa e gravata:
Mas na hora de combinar as estampas e cores da camisa e da gravata você deve ficar ligado às seguintes dicas:
- Camisa com listras devem ser combinadas com gravatas lisas e de cores mais sóbrias como o azul, o preto, o cinza…
- Camisa lisa pode ser pano de fundo para gravatas estampadas. Mas opte por escolher gravatas com listras na diagonal ou estampas mais discretas.
O nó da gravata:
O nó da gravata e o comprimento também dizem muito sobre você. Tome cuidado para o colarinho da camisa não deixar a gravata à mostra. Ajeite o colarinho depois que fizer o nó. Além disso, a ponta da gravata deve ficar na altura da fivela do cinto. Nada de deixar a gravata mais para cima ou mais para baixo da fivela.
Camisa e calça:
Pessoas que ocupam cargos mais baixos e que vão trabalhar em empresas com perfil menos formal podem optar sem medo para a combinação simples de calça social – de preferência escura – e camisa social. Colocar uma camiseta básica e lisa branca por baixo da camisa pode ser uma boa saída para esconder as marcas de suor (as famosas pizzas) que dão indícios de que você está nervoso e ansioso.
Cor da meia:
A cor deve ser sempre a mesma da calça.
As camisetas com gola polo ou careca:
A camisa, em empresas mais descoladas, pode ser substituída pela camiseta pólo ou até mesmo pela camiseta. Mas as cores devem ser, também, neutras e lisas. O ideal é o preto, azul escuro, verde escuro e marrom. Cores mais vibrantes como vermelho, amarelo e laranja chamam muito a atenção e o entrevistador não consegue prestar tanta atenção ao que você fala.
Barba e cabelo:
Não vamos dizer que você deve fazer a barba porque em alguns casos ela pode ser uma aliada para passar um ar de mais experiência. Mas não custa nada apará-la um pouco. Já o cabelo precisa estar bem penteado e passar gel pode ser uma boa.
Acessórios:
Também não custa nada você se lembrar de engraxar os sapatos e de usar poucos acessórios. Um relógio já é o suficiente. E nem precisamos lembrar que você deve deixar o seu celular no modo silencioso assim que entrar em reunião e boa sorte na entrevista!
Tags: , , ,
Postado em: 17 de dezembro de 2012 - Publicado em Alfaiataria, Blazer, Calcados, Camisas, Esporte Fino, Homem, Sapatos, Ternos, calca

Enfim chegou o tão esperado dia da formatura. Depois de tantas provas, exames e trabalhos, você ainda tem que resolver um último problema: “que roupa usar?”

Antes de pensar em qual roupa usar é importante lembrar algumas coisas:
(PS: A maioria das dicas servem para convidados também)

• Pesquise se existe um traje obrigatório para a formatura. Muitas vezes esse traje está descrito no convite que é enviado para os convidados. Nós temos um post que explica um pouco sobre cada tipo de traje. Mesmo se não constar nada no convite -o que muitas vezes acontece- converse com seus professores, diretores e até colegas da sala, para ver se existe um traje que vai ser padrão para todos os alunos. Normalmente as formaturas de 8ª série e 3º colegial são mais informais, já as de ensino superior exigem algum tipo de traje.

• Saiba mais sobre o local da formatura e o clima do dia. Vai chover? Vai fazer frio ou vai estar como o Deserto do Saara? No local que acontecerá a festa tem ar condicionado? Ou eles vão usar aqueles ventiladores gigantes que só refrescam as mesas que estão perto da parede? Essas informações são importantes para você compor o seu look. Se você sabe que vai estar calor, é importante focar nas roupas leves, já se tiver um bom ar condicionado, aproveite para ousar nos acessórios e blazers mais elegantes.

• Formatura é um evento social e não uma festa de amigos. Lembre-se que seus pais, avós, irmãos, romances e afins, estarão na festa. Por isso, arrume-se de uma forma que vá agradar a todos e não somente os seus amigos. Não use a formatura para ser o cara brincalhão e ousado que você não foi durante as aulas. E para os brincalhões, use a formatura para mostrar que você sabe se comportar em algum momento da sua vida, seja adulto pelo menos essa vez.

• Marque pela elegância e não pela ousadia. Como você sabe que pode ser sua última festa com um grupo de amigos e o clima de “despedida” está no ar, geralmente existe a vontade de criar um look para marcar na memória de todos, certo? Repito novamente: “Marque pela elegância e não pela ousadia.” É comum ver gente querendo fazer brincadeiras com cuecas, ir de All Star quando o traje é social, usar gravatas com mulheres peladas, usar peças neon, etc. E no fim acabam sendo o motivo de piada da turma. As pessoas dão risada, mas ninguém quer esse elemento no seu álbum de formatura. Diferente daquele que foi para a formatura com um look simples mas elegante, que chamou a atenção de todos pelo “bem vestir” e não pela ousadia.

• Use maquiagem se necessário. É comum ver gente decepcionada com as suas fotos de formatura porque estava com uma espinha ingrata no meio da testa. Já fiz um vídeo que ensina dicas básicas para cobrir espinhas e deixar a pele preparada para uma festa ou sessão de fotos. Se você seguir as dicas, ninguém vai reparar que você está de maquiagem e você estará preparado para qualquer foto! ;)

• Divirta-se com moderação. É normal querer beber todas, sair pulando em cima dos amigos, subir no palco do dj ou da banda, etc. Mas lembre-se da moderação. Não é para ficar igual um bobo no canto da festa, mas também não é para ser aquele que vai ser o primeiro a usar o ambulatório. Festas de formatura, por mais simples que sejam, são caras. Já vi dezenas de rapazes que não se controlaram com a bebida e depois se arrependeram, pois deram vexame na frente dos familiares e amigos e -em alguns casos- fizeram algumas pessoas saírem da festa para levá-los para o hospital. Não estrague a festa de alguém, não estrague a sua festa.
Dicas de looks

Agora sim, confira algumas dicas de looks e combinações de peças para você se inspirar na hora de escolher a sua roupa para uma festa de formatura.

Blazer + Jeans + Sapato

Colete + Camisa + Sapato

Camisa + Calça social + Sapato

Camisa + Blazer + Calça social + Sapato

Gravata Borboleta + Sapato

Passeio Completo (Blazer, Camisa, Gravata, Calça Social e Sapato)

Tags: , , , , , ,
Postado em: 14 de dezembro de 2012 - Publicado em Alfaiataria, Blazer, Homem, Moda Masculina, calca

O Street Style de hoje traz homens do mundo inteiro andando pelas ruas de rosa. Uma cor que muitos homens evitam por achar “feminina”, mas que combina perfeitamente com qualquer tipo de homem. E acredite, elas adoram.

Confira algumas combinações:

fotos: Street Style

Postado em: 1 de dezembro de 2012 - Publicado em Acessórios, Alfaiataria, Blazer, Camisas, Camisetas, Couro, Dicas, Esporte Fino, Homem, Jaquetas, Ternos, closet

O Cabide é o melhor amigo do homem que trabalha de terno. E, também, do homem que embora não trabalhe de terno, se preocupa com a manutenção de suas roupas e maximiza o invertimento em seu closet (guarda-roupa).

Por que investir em cabides? Simples. Roupas, sobretudo as masculinas ditas formais como ternos (paletós e calças) ou semi-formais como blazers,casacos, capas e trench coats e capas de chuva, exigem cuidados de manutenção, conservação, limpeza e armazenamento.Abaixo, se você ainda não conhece, um típico trench coat, ou impermeável, peça super na moda em muitas versões e tipos de tecidos.

Os cabides tem um papel fundamental nesse processo de manutenção. Os melhores e mais apropriados para os trajes masculinos são os dos modelos abaixo, pois a parte de cima segue o contorno dos ombros dos paletós e a sua largura, na parte de baixo, segue um padrão para acomodar calças de todos os tamanhos. São mais caras mas duram mais e garantes vida longa a suas roupas, tanto as de trabalho, quanto as casuais para as baladas e fim de semana.

Dicas de cabides:

1 – Livre-se para sempre dos cabides de arame das lavanderias, assim como os de plástico vagabundos. Eles podem rasgar roupas, além de deformarem paletós. Lembrem-se de que camisas de malha, camisas polo, puloveres, agasalhos de lã, cardigans e peças semelhantes deves ser guardadas dobradas, separadas por categoria, em gavetas ou espaços próprios nos guarda-roupas, e não nos cabides de quaisquer espécie.

2 – Bermudas de sarja ou jeans, também devem ser guardadas dobradas, assim evitamos o congestionamento no espaço nobre de seu guarda-roupa, que a meu ver, deve ser reservado para o traje que seja o seu uniforme de trabalho. Para muitos, os ternos. Os cabides com garras são usados para calças sociais que devem ficar de ponta cabeça, ou seja, prenda-as pelas bainhas. Servem também para bermudas de alfaiataria. IMPORTANTE : às garras as vezes soltam as roupas e criam confusão na hora de vocêse vestir e isso pode atrasa-lo. Além do mais, em regiões de praia, se não forem de material apropriado, correm o risco da oxidação por conta da maresia. Já os do modelo abaixo, são ideais para calças e camisas. Ocupam menos espaço.

3 – Existem versões de cabides coloridos ou laqueados. DICA : escolha os pretos pois não sujam e escondem as marcas do tempo. Existem versões recobertas de veludo ou outros tecidos, mas cuidado para não transformar seu closet num samba do crioulo doido. Uniformizar e organizar devem ser os verbos conjugados em seu guarda-roupa.

4 – Não amontoe roupas num único cabide: a função do cabide é armazenar e conservar, assim,  um único elemento super lotado pode exercer a função contraria, amassando roupas ou deformando silhuetas. Lembre-se de que seu closet tem que ser organizado, prático e funcional, portanto capriche na hora da compra de cabides, como se fosse um investimento. Compre novos e troque-os regularmente e assim você aproveita e dá uma geral em suas roupas, de tempos em tempos.

Tags: , , , , ,
Postado em: 9 de novembro de 2012 - Publicado em Acessórios, Blazer, Calcados, Couro, Dicas, Homem, Jaquetas, Moda Masculina, Sapatos

Clássico, resistente e versátil, o couro protege e destaca como poucos itens do guarda-roupa masculino

Razões para ter jaquetas e acessórios de couro.

Versatilidade Além de ser elegante e clássico, o couro é uma matéria-prima que, moda vai moda vem, nunca sai da área.

Durabilidade Os insumos utilizados no tratamento químico para transformar a pele de animal em tecido de roupa tornam o couro muito durável. É comum peças passarem por gerações, de pai para filho.

Respirabilidade O tecido não abafa sua pele e, ao mesmo tempo, mantém a temperatura corporal. Serve para dias mais frios ou menos frios.

Melhores momentos O espírito rebelde e aventureiro marcam a presença da jaqueta de couro na história do homem. Inpire-se!

Década de 10

1914 Na Primeira Guerra Mundial, pilotos de avião belgas e franceses começaram a usar casacos de couro para se proteger do frio. Depois, o paraquedista americano Leslie Irvin fabricou o primeiro modelo clássico da jaqueta estilo aviador, chamado A1. Ele é curto (vai até o quadril), fechado com zíper e tem cintura e punhos justos (sanfonados).

1917 A Força Aérea Americana adota a jaqueta estilo aviador e passa a chamá-la de bomber.

década de 20

1928 A marca Schott, criada em 1913 pelos irmãos Irving e Jack Schott, desenhou e fabricou a primeira jaqueta de couro modelo perfecto para a Harley Davidson. Características dele: zíper transpassado, botões de metal e cinto de fivela.

Década de 30

1936 É o ano-cenário do filme Indiana Jones e a Última Cruzada, em que o ator americano Harrison Ford enfrenta os nazistas vestindo uma bomber.

Década de 50

1953 O cinema populariza nova versão da perfecto no filme O Selvagem, com o ator americano Marlon Brando.

1955 James Dean, ator americano símbolo de rebeldia e angústias da juventude, também adota o couro.

Década de 6

1960 O cantor americano Elvis Presley usa modelos justos, paletós de couro e jaquetas com franjas, inspiradas no Velho Oeste americano.

Década de 70

1974 O estilo da banda americana Ramones marca o visual de gerações: punks com jaquetas de couro cheias de correntes e tachas.

1978 O filme musical Grease, protagonizado por John Travolta e Olivia Newton-John, populariza no mundo uma galera de jovens que não vive sem a perfecto.

Década de 80

1982 O cantor americano Michael Jackson lança o disco Thriller e a inseparável jaqueta vermelha dele.

1984 O Exterminador do Futuro, filme com o austríaco Arnold Schwarzenegger, surge com uma perfecto à prova de ciber balas.

1986 O ator americano Tom Cruise não tira a bomber no filme Top Gun, Ases Indomáveis.

Século 21

2012 A jaqueta de couro continua referência de elegância nos caras que mais entendem de estilo por aí.

Vida longa ao seu couro

Cuidados essenciais para você fazer sua peça durar

Para saber se é de verdade A superfície e a cor do couro legítimo não são totalmente regulares – nenhuma pele animal é perfeita! Também vale checar a etiqueta da jaqueta: nela não devem constar itens como poliéster, algodão etc.

Para guardar No mínimo duas vezes ao ano, hidrate e impermeabilize o couro com produtos específicos para ele (você encontra em sapatarias). Guarde a peça em lugar ventilado – não em sacos plásticos. Nunca guarde antes de 12 horas depois de usá-la – até lá, pendure a jaqueta em alguma cadeira.

Para limpar Passe um pano úmido (quase seco) ou leve a jaqueta a uma lavanderia especializada. Jamais faça com sua peça de couro: esfregar com desengordurante, álcool ou bucha, lavar e secar na máquina. São coisas que deformam o tecido.
Para secar Sua jaqueta tomou chuva? Pendure-a num lugar arejado, sem fonte de calor por perto – nada de colocá-la atrás da geladeira.

Antes que seja tarde Vacilou e deixou sua peça de couro detonar? recupere-a já e não deixe estragos rolarem de novo Pasta desgastada Solução Hidratar com produtos específicos (você encontra em sapatarias) três vezes por ano.
Como evitar Limpar e hidratar ao menos uma vez por ano, sempre com produtos compatíveis com o tipo do couro.

Sapato com vinco Solução Não há. Uma vez marcado, couro que é couro não volta a ficar liso. Então, cuide…
Como evitar Ao guardar o calçado, ponha dentro dele uma forma de madeira e conserve o formato original do sapato. Mantenha o couro limpo e hidratado.

Sapato molhado Solução Deixe secar em local arejado, sem fonte de calor por perto. Depois de seco, espere 12h para guardar no armário. Como evitar Leve o calçado à sapataria para checar a possibilidade de impermeabilização. Ou pergunte isso ao comprá-lo.

Calçado – Verifique se o sapato está confortável – os pés incham no final do dia e sapatos de couro laceiam.

Mala – Ao escolher malas, pastas e carteiras, verifique se as costuras estão     em ordem.

Cinto – Qual a minha numeração de cinto? Some dez à medida da sua cintura. A sobra de tecido depois da fivela abotoada deve ser cerca de 6 cm.
Para aumentar ou diminuir Exagerou no tamanho dos pratos nos últimos meses e ganhou pança? Ao contrário, emagreceu?
Um bom sapateiro consegue mudar o tamanho de seu cinto.

Para durar mais Impermeabilize e hidrate a pulseira (com produtos específicos que você encontra em sapatarias) pelo menos três vezes ao ano (dependendo do uso). Para limpar Se ela for de couro liso e cores básicas (preto e marrom), use um pano úmido (quase seco). Se necessário, é possível tingir o couro.

Tags: , , , ,
Postado em: 1 de novembro de 2012 - Publicado em Alfaiataria, Blazer, Dicas, Homem, Moda Masculina, Ternos

O blazer é uma das peças curingas do seu guarda-roupa. É útil para quase todas as situações, podendo ser combinada com camisa social, camisa pólo, camisa jeans, calça jeans, malha de gola rolê, calça de veludo, calça social. Com gravata ou sem gravata. Pra se proteger do friozinho com elegância. Se você é mais descolado pode juntá-lo com um tênis baixinho e clássico. Se não, ele mantém uma ligação natural com o sapato social. Existem vários modelos para vários gostos. Escolha o que lhe cai melhor:

PALETÓ DO TERNO

Na falta de um blazer, o paletó do terno pode quebrar o galo. De preferência deve ser azul marinho, clássico, com dois ou três botões e o tecido pesado. Saiba de antemão que ele pode sofrer um desgaste e não ficar mais do mesmo tom da calça. As duas peças juntas podem denunciar que já foram separadas!

BLAZER AZUL MARINHO

Este é o curinga dos curingas. No verão pode ser de gabardine, e o inverno, de lã. Pode ter dois ou três botões. É uma peça atemporal que está acima das tendências e flutuações da moda. É um ótimo investimento que dura muitos anos.

BLAZER DE VERÃO

Cai muito bem um blazer com padrão xadrezinho miúdo, 100% algodão.Pode haver uma pequena mistura com poliéster para amassar menos. a estrutura deve ser leve, com apoio aos ombros. Não exige forro e pode ter dois ou três botões. Cai bem com as calças de verão, brim, jeans e sarja. É um modelo clássico.

BLAZER DE INVERNO

O marrom é uma cor de blazer que cai bem no inverno, principalmente com as lãs, em xadrês miúdo e tweeds. Na verdade o marrom cai bem com todas as texturas do inverno. Você pode optar por reforço de camurça ou couro nos cotovelos, desde que eles fiquem em tons de bege e marrom para não gerar muito contraste. Os botões do blazer podem ser de couro e mais vistosos. Temos visto em desfiles e já nas lojas, blazer de inverno com os botões cruzados, aqueles grandes que ficam com botões de um lado e do outro. Podem ser um pouco mais acinturados, com bolsos laterais e são muito modernos e elegantes.

beagle--logo
logo8
logo7
logo6
logo4
logo3
logo1
logo2