Faça seu cadastro para receber as novidades do
Leandro Lourenço no seu e-mail.
Arquivo do mês: outubro 2014
Postado em: 9 de outubro de 2014 - Publicado em Dicas, Homem, Moda Masculina

Em meio a tantas opções que nós, homens, temos atualmente na moda, às vezes alguns itens básicos acabam ficando em segundo plano na hora das compras. Quem nunca sentiu falta de um bom sapato ou uma calça básica na hora de ir a um lugar que exige um dresscode mais formal ou básico? Não se trata de sair do estilo, a questão é sair adequado a ocasião, ambiente e evento. E existem peças que são chave para isso. Que, se você ainda não precisou, certamente um dia sentirá falta. São peças clássicas, atemporais e essenciais, que nunca sairão de moda. Para facilitar, entre roupas e acessórios, listamos um top 10 desses itens. Confira:

1. Camisa branca

Branco é clássico. Seja no inverno ou verão, com blazer ou sem, a camisa branca é uma das peças mais antigas do guarda-roupa masculino e a que menos sofreu transformação ao longo da história. Seja uma modelagem mais ajustada ou não, para quem leva a sério, uma boa camisa branca deve ser feita por um bom alfaiate, sob medida e com um tecido de primeira qualidade. Complemente com uma boa gravata, um bom blazer, ou simplesmente vá só com ela. A elegância é garantida.

2. Calça cinza

Por que não preta? Por um simples motivo: a calça cinza vai bem seja com uma camisa preta, seja com uma camisa branca. Se você quiser arriscar, ainda valem as coloridas. Peças em cores neutras são essenciais na vestimenta do homem. Elas tem a função de neutralizar o visual quando ele está inadequado, e ainda te salvam daqueles micos de quem não entende muito bem de se vestir. A calça cinza em tecido de alfaiataria é outra peça que independe de estação ou moda.

3. Terno

Nem todos trabalham de terno ou precisam usá-los com frequência. A não ser que você seja convidado para muitos eventos formais e sociais, imagino que investir num bom terno não seja uma das suas principais preocupações. No entanto, em algum momento, a necessidade de entrar em um bom terno vai surgir e não há nada mais tradicional na moda masculina que um terno adequado para seu corpo. Esse traje é antigo e desde o século XIX sofreu pouquíssimas transformações. Não espere um momento de desespero para investir em um terno. Aproveite e pesquise bons tecidos, acabamentos, modelos e cores.

4. Camisa polo

Os mais jovens tem uma resistência maior às camisas de modelo polo porque costumam associar aos mais velhos. Certamente, há modelos ultrapassados como os que levam emblemas e brasões aplicados ou nomes de marcas estampadas, mas os modelos lisos são essenciais para uma entrevista de emprego mais casual, um encontro, jantar ou ocasião um pouco menos formal. Os clássicos preto e branco são essenciais, porém investir em mais cores no verão  não faz mal a ninguém. Geralmente são feitas em malha de algodão Piquet, são as tradicionais e de melhor qualidade.

5. Suéter

O suéter é tradicionalmente feito de malha de lã, mas hoje existem diversas outras opções como algodão ou sintéticos. Eles são clássicos para proteger do frio em eventos também mais formais (ou não). Vai com calça ou bermuda e a dica das cores neutras também vale, ainda que hoje exista opções que vão dos coloridos aos estampados. Para ser menos básico, os padrões em losango são a pedida. Também há dois tipos de golas: a V ( mais ideal sobre camisas) e a gola redonda, mais fechada, também são usadas sobre as camisetas.

6. Sapato

Um sapato diz muito sobre quem o veste.  E uma boa roupa deve vir acompanhado de um bom sapato. O clássico é o social preto para os eventos formais. Para os mais casuais, o marrom funciona até com calça jeans. Ambos são atemporais e a pedida para qualquer evento que exija um pouco mais no dresscode. Dica: mantê-los limpos e novos fazem toda a diferença.

7. Cinto

Nem tudo que está que está aparentemente escondido, não é visto. O cinto é um acessório que funciona nesse caso. Com terno ou calça social, o cinto é obrigatório, mas ele vai além, e o mesmo pode ser usado com jeans mais refinado ou bermuda de alfaiataria. Independente d a cor das outras peças, invista num cinto preto, de couro, e ele vai durar por muitos e muitos anos.

8. Jaqueta de Couro

Esse é um dos itens da lista que pode dividir opiniões. Independente do estilo, a jaqueta de couro é uma das mais icônicas peças da juventude que ultrapassou o limite da idade e foi aderida por todas as gerações. Imortalizada por James Dean na década de 1960, uma das peças que entrou para a história, não só da moda, mas da música e do cinema. Uma boa jaqueta de couro, se bem preservada, dura por uma vida inteira e, claro, pode ser usada em qualquer inverno, afinal é para isso que os clássicos servem.

9. Calça Jeans

O jeans já virou um clássico do guarda-roupa e dispensa introdução. Já é aceito em traje social, se usado com cautela. Um bom jeans também tem uma longa durabilidade, prefira os sem muitas lavagens e informações. Prova de que os jeans são duráveis, é que os vintage voltaram, principalmente da década de 80 e facilmente são encontrados em brechós. Hoje é mais comum encontrar jeans que duram 2, no máximo 3 anos. Mas ainda sim vale a pena ter pelo menos 1 peça para chamar de sua que combine com todos os tipos de roupas e que dure por um longo tempo.

10. Gravata

Gravata é uma daquelas peças que demonstram masculinidade, ainda que estejam num corpo feminino. Dos três modelos clássicos: tradicional, borboleta e slim, o primeiro é a pedida para quem quer usá-la independente das tendências de moda. Para um visual mais moderno, a slim é a ideale a borboleta, usada em eventos extremamente formais. Escolha um  dos modelos e invista na peça

Postado em: 8 de outubro de 2014 - Publicado em Camisas, Dicas, Moda Masculina

Conheça a nova coleção de Verão 2015, da marca Vila Romana que chegou este mês na Leandro Lourenço.

Clique aqui e Confira o lookbook completo.

beagle--logo
logo8
logo7
logo6
logo4
logo3
logo1
logo2