Faça seu cadastro para receber as novidades do
Leandro Lourenço no seu e-mail.
Arquivo da tag: Dicas
Postado em: 17 de novembro de 2014 - Publicado em Dicas

Storytelling by Dudalina from Dudalina on Vimeo.

Tags: ,
Postado em: 4 de fevereiro de 2013 - Publicado em Blazer, Cabelos, Calcados, Camisas
O telefone tocou, o currículo agradou, a tão esperada entrevista foi agendada e o nosso amigo desempregado começa a sonhar com um lugar ao sol nos próximos dias . Porém, bate sempre aquela dúvida: “O que vestir para causar uma boa impressão durante a entrevista?”. Confira a seguir, dicas fundamentais para se apresentar adequadamente:
Blazer e calça:
A combinação blazer e calça jeans é uma que pode ser usada. Mas isso fica melhor para quem não ocupa cargos de chefia.
Costume
Popularmente conhecido como “terno”, o costume é a junção simples da calça social com o paletó (sem o colete). Esse traje é o mais recomendado para os candidatos a cargos de gestão. Já a cor mais recomendada para o seu costume é o preto ou uma cor mais escura e de preferência em um tom liso. Listras de “risca de giz” muito aparentes e o xadrez tendem a cansar a vista de quem o entrevistar.
Paletó e gravata:
Para dar um ar um pouco mais leve ao seu vestuário, você pode combinar também o paletó com a gravata usando uma calça jeans ou de sarja. Mas para isso opte pelas seguintes combinações:
- Calça de sarja clara com camisa branca ou azul clara e um paletó azul marinho com gravata azul marinho;
- Calça jeans preta com camisa branca ou cinza, paleto preto e gravata preta.
Camisa e gravata:
Mas na hora de combinar as estampas e cores da camisa e da gravata você deve ficar ligado às seguintes dicas:
- Camisa com listras devem ser combinadas com gravatas lisas e de cores mais sóbrias como o azul, o preto, o cinza…
- Camisa lisa pode ser pano de fundo para gravatas estampadas. Mas opte por escolher gravatas com listras na diagonal ou estampas mais discretas.
O nó da gravata:
O nó da gravata e o comprimento também dizem muito sobre você. Tome cuidado para o colarinho da camisa não deixar a gravata à mostra. Ajeite o colarinho depois que fizer o nó. Além disso, a ponta da gravata deve ficar na altura da fivela do cinto. Nada de deixar a gravata mais para cima ou mais para baixo da fivela.
Camisa e calça:
Pessoas que ocupam cargos mais baixos e que vão trabalhar em empresas com perfil menos formal podem optar sem medo para a combinação simples de calça social – de preferência escura – e camisa social. Colocar uma camiseta básica e lisa branca por baixo da camisa pode ser uma boa saída para esconder as marcas de suor (as famosas pizzas) que dão indícios de que você está nervoso e ansioso.
Cor da meia:
A cor deve ser sempre a mesma da calça.
As camisetas com gola polo ou careca:
A camisa, em empresas mais descoladas, pode ser substituída pela camiseta pólo ou até mesmo pela camiseta. Mas as cores devem ser, também, neutras e lisas. O ideal é o preto, azul escuro, verde escuro e marrom. Cores mais vibrantes como vermelho, amarelo e laranja chamam muito a atenção e o entrevistador não consegue prestar tanta atenção ao que você fala.
Barba e cabelo:
Não vamos dizer que você deve fazer a barba porque em alguns casos ela pode ser uma aliada para passar um ar de mais experiência. Mas não custa nada apará-la um pouco. Já o cabelo precisa estar bem penteado e passar gel pode ser uma boa.
Acessórios:
Também não custa nada você se lembrar de engraxar os sapatos e de usar poucos acessórios. Um relógio já é o suficiente. E nem precisamos lembrar que você deve deixar o seu celular no modo silencioso assim que entrar em reunião e boa sorte na entrevista!
Tags: , , ,
Postado em: 21 de janeiro de 2013 - Publicado em Alfaiataria, Camisas

Colarinho Inglês:

É um colarinho mais alongado e pontiagudo, traz um toque moderno para o look formal. Combina muito bem sem gravata, com ternos slim fit ou 2 botões. É uma opção que ajuda a alongar o rosto!

Colarinho Italiano:

Geralmente é mais curto e têm as pontas mais abertas, é ideal para usar com gravatas com nós maiores. Não é aconselhável para homens de rosto gordinho, pois tendem a achatar.

Colarinho americano:

Um colarinho também conhecido como button-down, pois tem um botão de cada lado. Serve para ocasiões mais informais e é uma ótima opção para um look sem gravata.

Colarinho francês:

É o mais básico e comum de se encontrar, nem muito alongado nem muito aberto. Combina com todos os formatos de rosto e tipos de terno.

Colarinho quebrado:

Um colarinho obrigatório caso o traje seja black tie. Combina perfeitamente com um kit plastron ou uma gravata borboleta.

Colarinho curto:

Novidade que combina muito bem com gravatas bem estreitas (modelo slim) e ternos modernos e ajustados. Ideal para quem está magro e quer ousar num look formal.

Tags: , ,
Postado em: 31 de dezembro de 2012 - Publicado em Dicas, Esporte Fino, Moda Masculina, Réveillon, Verão
É chegada a hora de celebrar o que foi bom e afogar de vez o que não foi: o fim de mais um ano! E o dia mais festejado do planeta é realmente 31 de dezembro. No Brasil nós temos uma certa tradição de usar branco (tudo branco) e, nesse fim de ano, a boa notícia é que “branco total” é tendência. Mas se você não é fã do branco total, ou simplesmente não liga pra essa história de branco, não faltam boas dicas de inspiração fashion pra você arrasar – e se tornar o “rei do estilo” – onde quer que vá se esbaldar.
NAVY
Eu sou puro amor no que diz respeito ao navy e acho ainda mais glamour nesse momento. Muita gente vai para praia ou acaba indo para alguma festa com tema praiano, afinal de contas estamos no Brasil. Se você quer seguir essa tendência aposte no azul marinho, branco, vermelho e, vale até mesmo misturas ousadas com xadrez colorido. Listras são essenciais para dar esse tom clássico do estilo à sua produção. Vale look com bermuda, com jeans, calça de tecido, cardigã e até blazer. Escolha a combinação e monte sua produção de acordo com o tipo de festa. Se for algo mais social vá de blazer e calça social, mas se for um ambiente mais descontraído a escolha é livre.
ESTAMPAS
As estampas são outra tendência muito interessante para o nosso fim de ano. Temos temas marcantes e outros mais leves, também é possível combinar mais de um tipo de estampa ou usar apenas uma peça em destaque. Eu acho que para a ocasião é legal deixar uma peça clara, seja na cor branca, cru ou alguma “candy colour”. Gosto muito das flores havaianas, maiores e coloridonas, para os homens barbudos e tatuados que têm um estilo todo bad boy. E acho que as flores e animais pequenos e discretos passam uma imagem romântica e leve bem interessante para qualquer homem. Mas vocês também podem apostar no poá (bolinhas), que passa uma ideia retrô bem bacana, e no xadrez que já é comum no guarda-roupa de praticamente qualquer homem nos dias de hoje.
CORES
Se a ideia é se jogar nas cores então atente para duas pedidas fortíssimas: candy colour (os tons clarinhos) e laranja. Cores que são a cara de um ano novo divertido e descontraído. Mas se a pedida é algo mais social, não se preocupe, combine peças clássicas, calças de alfaiataria em algodão, blazer idem e vale até um chapéu panamá (se é que você não se cansou dele). A combinação de cores clarinhas é uma pedida que você certamente verá bastante então, se quiser se diferenciar na multidão, aposte em tons fortes como laranja e vermelho.
BRANCO TOTAL
Aproveite a ocasião para já ir se acostumando com a tendência do branco total que já vem dando pinta em passarelas, editorias e tapetes vermelhos há algum tempo. Para não ficar com cara de ultrapassado é importante que as peças tenham um corte atual (calças e camisas mais slim), tecidos idem (sarja, calças chino de algodão e calças de linho estão em alta). Sugiro evitar as batas (pra variar um pouco né?) e apostar em camisas ajustadas de manga curta e até mesmo em blusas polo com a manga dobrada. Vale blazer, cardigã e nos pés o que combinar com o evento e traje escolhido: tênis, chinelos de couro ou de borracha, alpargatas, sapatos e botas. Tudo na maior classe!
E seja qual for a sua escolha e o seu estilo o importante, no dia 31, é agradecer, curtir a noite e celebrar todos os dias vividos. E que venham muitos outros anos para celebrarmos e aproveitarmos as maravilhas da moda e da vida.

Feliz 2013!
Tags: , , ,
Postado em: 12 de dezembro de 2012 - Publicado em Calcados, Dicas, Homem
Mais importante do que ter um lindo sapato no armário é saber como deixá-lo em bom estado. Aprenda como limpar e engraxar cada tipo de sapato:
Sapatos de couro
• Se o sapato estiver limpo, simplesmente passe uma escova seca nele. (de preferência com uma escova especial para sapatos)
• No caso dos sapatos muito sujos, lave-os com sabão especial para couro. (fácil de encontrar em lojas do ramo)
• Tire as manchas de sal, gorduras e alcatrão com um tira-nódoas adequado.
• Use cera ou graxa da cor do seu sapato. Esfregue bem com um pano macio para o produto penetrar no couro, depois volte a esfregar com uma flanela limpa ou uma escova bem macia.
• Dê um lustre com um pano limpo e macio e aplique em seguida um produto de proteção para couro, deixe secar em ambiente ventilado para evitar o cheiro forte desses produtos.
Sapatos de camurça
• Com os sapatos bem secos, raspe a maior parte da lama (se houver) com as costas de uma faca; depois escove os sapatos com uma escova especial para camurça, fazendo movimentos circulares.
• Com uma pequena esponja molhada com água e sabonete, retire as marcas causadas por amassados e pisões.
• Se a sujeira estiver entranhada, utilize um xampu apropriado para camurça. Lembre-se de seguir as recomendações de uso do fabricante do xampu.
• No caso de manchas mais difíceis você pode utilizar um tira-nódoas. (que é fácil de encontrar em sapatarias e supermercados)
Sapatos de lona e tênis
• Escove o pó e a lama assim que os sapatos se encontrarem secos.
• Lave as nódoas com as mãos ou ponha os sapatos numa fronha e lave-os numa máquina de lavar.
• Aplique um produto de limpeza para tecidos de cor quando os sapatos estiverem secos.
• Evite secar os sapatos ao sol, deixe em local ventilado e com luz, mas que não pegue sol diretamente.
• Os cadarços podem ser escovados com uma escova de dente velha, evite escovas mais grossas, pois podem desfiar os mesmos.
Tags: , , , , , ,
Postado em: 5 de dezembro de 2012 - Publicado em Coleções, Dicas, Homem, Moda Masculina, Novidades

Ser um homem atraente não significa ser bonito. Beleza ajuda na sedução, mas nada conquista tanto uma mulher como um homem atraente, que sabe se vestir e possui postura de vencedor.

Ser misterioso, simpático, educado, ter uma postura calma e relaxada são características básicas para tornar um homem sedutor aos olhos das mulheres. Homens com postura apática, cansada, que sempre parece estar envergonhados e tímidos não causam atração nas mulheres independente da idade. A maneira como você se veste e comporta na presença delas é que torna você um homem de valor. Vestir roupas caras e que estão na moda não é suficiente para um visual atraente. Também é preciso estar sempre limpo, cheiroso e com visual adequado para sua idade. Veja abaixo as dicas de moda dos grandes sedutores de acordo com sua idade.

Para homens a partir dos 20 anos

Invista em um jeans reto e de lavagem média para escura, calça de veludo, tênis vintage,camiseta pólo ou cardigã, prefira sapatos brogues e combine usando um cinto de couro, óculos aviadores ou modelos de acetato caem melhor para homens jovens. Jamais use jeans detonado, largo ou com bordados, calça estilo skatista, tênis de malhar, camiseta de time de futebol e moletom, relógios que chamam muita atenção e óculos esportivos.

Para homens a partir dos 30 anos

Prefira calça chino reta, paletó marinho, black jeans e camisa listrada ou xadrez, use cintos de couro liso e fivela de metal fosco e prefira sapatos mocassim social. Não use calça com pregas, jaqueta jeans, meias ou jeans brancos e camisa estampada.

Para homens a partir dos 40 anos

Use terno justo de dois botões, camisa lilás, gravatas mais finas, abotoaduras e sapatos pretos, castanhos e marrom-café. Não use terno largo de três botões, camisa preta, gravatas com desenhos animados, prendedores de gravatas e sapatos caramelos, dicas de moda para homens modernos.

Tags: , ,
Postado em: 1 de dezembro de 2012 - Publicado em Acessórios, Alfaiataria, Blazer, Camisas, Camisetas, Couro, Dicas, Esporte Fino, Homem, Jaquetas, Ternos, closet

O Cabide é o melhor amigo do homem que trabalha de terno. E, também, do homem que embora não trabalhe de terno, se preocupa com a manutenção de suas roupas e maximiza o invertimento em seu closet (guarda-roupa).

Por que investir em cabides? Simples. Roupas, sobretudo as masculinas ditas formais como ternos (paletós e calças) ou semi-formais como blazers,casacos, capas e trench coats e capas de chuva, exigem cuidados de manutenção, conservação, limpeza e armazenamento.Abaixo, se você ainda não conhece, um típico trench coat, ou impermeável, peça super na moda em muitas versões e tipos de tecidos.

Os cabides tem um papel fundamental nesse processo de manutenção. Os melhores e mais apropriados para os trajes masculinos são os dos modelos abaixo, pois a parte de cima segue o contorno dos ombros dos paletós e a sua largura, na parte de baixo, segue um padrão para acomodar calças de todos os tamanhos. São mais caras mas duram mais e garantes vida longa a suas roupas, tanto as de trabalho, quanto as casuais para as baladas e fim de semana.

Dicas de cabides:

1 – Livre-se para sempre dos cabides de arame das lavanderias, assim como os de plástico vagabundos. Eles podem rasgar roupas, além de deformarem paletós. Lembrem-se de que camisas de malha, camisas polo, puloveres, agasalhos de lã, cardigans e peças semelhantes deves ser guardadas dobradas, separadas por categoria, em gavetas ou espaços próprios nos guarda-roupas, e não nos cabides de quaisquer espécie.

2 – Bermudas de sarja ou jeans, também devem ser guardadas dobradas, assim evitamos o congestionamento no espaço nobre de seu guarda-roupa, que a meu ver, deve ser reservado para o traje que seja o seu uniforme de trabalho. Para muitos, os ternos. Os cabides com garras são usados para calças sociais que devem ficar de ponta cabeça, ou seja, prenda-as pelas bainhas. Servem também para bermudas de alfaiataria. IMPORTANTE : às garras as vezes soltam as roupas e criam confusão na hora de vocêse vestir e isso pode atrasa-lo. Além do mais, em regiões de praia, se não forem de material apropriado, correm o risco da oxidação por conta da maresia. Já os do modelo abaixo, são ideais para calças e camisas. Ocupam menos espaço.

3 – Existem versões de cabides coloridos ou laqueados. DICA : escolha os pretos pois não sujam e escondem as marcas do tempo. Existem versões recobertas de veludo ou outros tecidos, mas cuidado para não transformar seu closet num samba do crioulo doido. Uniformizar e organizar devem ser os verbos conjugados em seu guarda-roupa.

4 – Não amontoe roupas num único cabide: a função do cabide é armazenar e conservar, assim,  um único elemento super lotado pode exercer a função contraria, amassando roupas ou deformando silhuetas. Lembre-se de que seu closet tem que ser organizado, prático e funcional, portanto capriche na hora da compra de cabides, como se fosse um investimento. Compre novos e troque-os regularmente e assim você aproveita e dá uma geral em suas roupas, de tempos em tempos.

Tags: , , , , ,
Postado em: 30 de novembro de 2012 - Publicado em Acessórios, Dicas, Sapatos

Que a aparência de uma pessoa tem impacto na maneira como ela é julgada pelos outros, todo mundo sabe. Agora um levantamento feito por uma marca de meias da Inglaterra, a Socked, mostra que a peça também ajuda a definir esse perfil.

Pois é, a cor escolhida e o aspecto podem dizer algo sobre você. “As cores usadas ajudam a criar essa personalidade, a imagem desejada, e certos tons influencia a maneira como os outros interagem com você. Escolha a cor certa e já estará ganhando”, disse Mark Hall, um dos designers da empresa.

A pesquisa mostra que a única cor apontada como ‘certa’ para os homens usarem é a preta. Confira o que o estudo aponta em relação às cores das meias.

Pretas: usadas por homens elegantes e bem vestidos. A peça no tom expressa autoridade, poder, sofisticação e também mistério. Elegante e atemporal, a meia preta foi apontada como primeira e única opção para homens no perfil.

Branca: usadas por pessoas cujo estilo ficou nos anos 1980. Segundo o levantamento, é pecado mortal usar meias brancas, principalmente como modelos de sapatos abertos. A peça também foi associada a homens preguiçosos que não trocaram de meia após a prática de esportes ou a malhação.

Cinzas: usadas por banqueiros e padres. Segundo a empresa, a imagem passada pela peça cinza é a de uma pessoa cuja vida é muito regrada e chata ou, por outro lado, pode indicar falta de higiene.

Vermelhas: usadas por homens metidos a conquistadores, como políticos. Homens passam a imagem de serem briguentos e emocionalmente confusos.

Amarelas: usadas por quem quer chamar a atenção. Um homem que quer bancar o engraçadinho usaria peças no tom. Seria rejeitado na hora por qualquer grupo social.

Marrons: usadas por jardineiros e bibliotecários. Pessoas boas, confiáveis e equilibradas, com os pés no chão.

Azuis: usadas por médicos e administradores. O azul transmite a ideia de segurança e sucesso. Segundo o levantamento, homens com meias azuis são confiáveis mas não seguros o suficiente para usar meias pretas.

Douradas: usadas por novos ricos ou jogadores de futebol. O tom remete ao sucesso, riqueza e extravagância e foi associada à pouca noção de estilo e elegância.

Brilhantes: usadas por ciclistas e pessoas de até 11 anos. Os praticantes de ciclismo foram os únicos que reverberam aval de usar peças com brilho, já que se trata de item de segurança.

Meias estanhas: usadas por pessoas que se vestem no escuro ou malfeitores. Se o par de meias for nada convencional, a imagem transmitida é a de uma pessoa emocionalmente instável

Tags: , ,
Postado em: 28 de novembro de 2012 - Publicado em Acessórios, Alfaiataria, Camisas, Moda Masculina, Verão

Tamanho

Os tamanhos das camisas prontas se apresentam por numeração (1, 2, 3, 4, 5 etc.) ou pelo famoso P, M e G. As camisas sociais ainda podem ser escolhidas de acordo com a circunferência do pescoço e, neste caso, temos as numerações como 38, 40, 42, 44, assim por diante. Já nas camisas sob medida, todas as partes das camisas serão confeccionadas com base nas medidas de quem vai usá-la.

Colarinho

Opte pelo colarinho adequado ao seu rosto e na medida certa do seu pescoço.

- Francês ou 1/2 Italiano: muito usado e bastante versátil, pois combina com quase todos os formatos de rosto.

- Italiano: curto e aberto, é ideal com um nó de gravata maior e mais volumoso. Muitos homens têm usado o colarinho italiano mesmo sem gravata. É uma opção para quem quer se diferenciar, porém não é ideal para quem gosta de um colarinho mais robusto, porque o modelo deixa o colarinho mais curto. Vai bem para rostos finos, alongados ou ovais.

- Inglês: mais pontudo. É usado normalmente por quem gosta de criar um estilo diferenciado, pois é alongado e estreito. Ótimo para rostos ovais, redondos ou quadrados.

- Americano: tem botões aparentes e é usado em versões casuais, porém há quem goste de usá-lo com gravata, como o empresário Eike Batista. Combina com todos os tipos de rostos.

- Curto: mais atual e moderno. É normalmente usado por quem gosta de um visual minimalista, ideal para usar sem gravata ou com gravatas bem estreitas e de seda mais fina. Bom para rostos médios ou pequenos. Evite usar se você é muito alto e grande.

- Arredondado: muito usado antigamente. Está ressurgindo em versão mais curta e baixa. Essa nova proposta sai do ar romântico para um estilo mais moderno. Bom para rostos médios ou pequenos. Evite de usar se você é muito alto e grande.

O ideal é que haja um dedo de folga entre o colarinho e o pescoço para não apertar muito, nem deixar muita sobra, caso use uma gravata. Dê preferência aos colarinhos que possuem barbatanas removíveis. Dessa maneira, você pode retirá-las para lavar e recolocar depois de passadas. Assim, o colarinho nunca vai ficar com as pontas uma para cada lado.

Punho

Deve ter cinco centímetros a mais que a medida exata da circunferência do seu pulso. Caso você use com relógio, ele deve se encaixar sob o punho, sem apertar. Entre os formatos mais comuns temos o simples, que tem as pontas arredondadas e é o mais clássico de todos; o chanfrado com corte nas pontas; e o reto, que é o mais moderno.

Ele pode ser fechado com um ou dois botões; reversível, quando é possível abotoá-lo com os botões ou com abotoaduras; ou duplo, que é usado com abotoaduras.

Ombro

Olhe no espelho e repare se os ombros da camisa estão proporcionais ao seu corpo. Uma dica para saber onde termina seu ombro é apalpar com a mão até sentir aquele osso quase na ligação com o braço. É neste ponto que a costura da camisa deve estar.

Torax

O ideal é que não sobre nem falte tecido nessa região do corpo. Do contrário, você vai ficar desconfortável usando uma camisa apertada ou poderão aparecer algumas pregas quando estiver com paletó ou casaco.

Para uma camisa de modelagem regular, ou seja, nem muito folgada nem muito justa, o ideal é que tenha aproximadamente dez centímetros além da medida exata da circunferência do tórax. Esta é uma folga adequada para dar mobilidade para quem usa a camisa e deixá-lo com aspecto elegante. O mesmo vale para cintura e quadril.

Manga

Solte o botão do punho da camisa, estique o braço e repare no comprimento da manga da sua camisa. O ideal é que o punho esteja entre dois e três centímetros abaixo do pulso (com as mãos fechadas) ou que o punho encoste-se à base do polegar. Não deixe que a manga da camisa, depois de abotoado o punho, fique com mais de três ou quatro centímetros de sobra. Mais do que isso é sinal de que sua manga está comprida demais.

Se você não gosta de nenhuma sobra de tecido nas mangas das camisas, vale lembrar que ao esticar o braço as mangas parecem mais curtas, quando estiver dirigindo, por exemplo.

Comprimento

Proporção é fundamental. Se for usar a camisa para fora da calça, o ideal é que esteja com o comprimento no máximo até o meio do zíper da calça ou bermuda. Alguns homens preferem os modelos mais curtos, mas é importante que esteja abaixo da linha do cós da calça, para que a barriga não apareça caso levante o braço, por exemplo.

No caso de camisas sociais, que tem uso para dentro da calça, o comprimento deve chegar até o final do zíper ou do cavalo da calça. Atenção para o comprimento da camisa, de modo a evitar de ficar com a barra saindo da calça por mais leve que seja o movimento que venha a fazer.

Tecido

Uma boa camisa deve ser feita com tecido 100% algodão, ou seja, totalmente com fibras naturais. Elas deixam o tecido “respirar” e permitem a boa troca de calor. O linho é outro exemplo de tecido natural ótimo para o verão.

No caso das peças com listras ou em xadrez, você deve reparar se a padronagem está em harmonia tanto na parte da frente quanto na de trás, observando principalmente as laterais. É comum vermos listras bastante desalinhadas nesta parte. Isto é sinal de baixa qualidade no corte e montagem da camisa.

Botoes

O importante é observar a prega dos botões. Prefira as camisas que não apresentem linhas soltas entre os buracos dos botões, pois se um fio estiver solto, basta um puxão para que o botão caia na sua mão. Os pregados com a linha de forma cruzada são os melhores.

Costura

Normalmente costuras com pontos mais largos e mais espaçados uns dos outros traduzem camisas casuais. Já camisas com as costuras e pontos menores sugerem um estio mais clássico. De um modo geral, as camisas com costura de boa qualidade tem de seis a sete pontos por centímetro.

Crédito da notícia: mulher.uol.com.br

Tags: , , ,
Postado em: 27 de novembro de 2012 - Publicado em Acessórios, Ternos, Tênis

Quem aí já quis usar um terno mas não sabia como deixar o look mais urbano, jovem e menos formal? Talvez esse desejo tenha partido das celebridades, que enfrentavam red carpets com ternos e sempre muitos iguais. Alguns sentiam falta de usar roupas mais descoladas e urbanas, ter uma identidade que fizesse a diferença! Até que os personal stylists resolveram incluir um novo item ao look social: o sneaker!

Hoje a tendência chegou na “vida real” e é super comum encontrar alguém com esse estilo em semanas de moda e baladas mais moderninhas. É uma forma fácil e bacana de unir dois estilos em algo novo. O look não deixa de ser alinhado, porém transmite uma vibe mais jovem e cheia de atitude.

Inspire-se nas fotos acima e atualize seu terno! Garanto que vai fazer sucesso…

Tags: , ,
beagle--logo
logo8
logo7
logo6
logo4
logo3
logo1
logo2